Agronegócio

Preço da soja acumula alta de 7,5% em abril 

17 de Abril de 2018 | Publicado por: DAYANI SANTOS

Ouça Agora

O mercado da soja começou a semana com estabilidade, porém, começou a perder força ao longo da tarde de ontem e fechou o pregão na Bolsa de Chicago com perdas de mais de 10 pontos entre os principais vencimentos.  Mas de um modo geral, o preço do grão acumula alta de 7,5% em abril. A firme demanda externa pela soja Brasileira, a valorização do dólar frente ao real, com a moeda norte-americana atingindo o maior patamar desde dezembro de 2016, e a quebra na safra argentina deram maior impulso aos preços. A previsão de chuvas chegando à areas produtoras americanas que vêm sofrendo com a seca têm pesado sobre o mercado do grão, além disso tem outros fatores, conforme explica o analista de mercado, Camilo Motter.

Os preços ficaram mais sensíveis com a safra americana. E qualquer problema climático deve influenciar diretamente.

O produtor deve estar atento as movimentações do mercado, para obter lucros.

No Brasil, as cotações recuaram neste início de semana. As baixas acompanharam as perdas mais intensas na Bolsa de Chicago e um recuo que foi observado também no dólar frente ao real. A moeda america, porém, ainda se mantém na casa dos R$ 3,40 e segue como importante fator de suporte para as referências internas.  Nos portos, Paranaguá terminou o dia com R$ 87,00 por saca, estável no disponível. Já em Rio Grande, R$ 85,50 no disponível e R$ 86,00 para a referência maio, com os indicativos perdendo 0,35% em ambos os casos.

CASCAVEL/PR – 16-02-2011 – Colheita e plantação de soja no interior de Cascavel. Foto Jonas Oliveira

Mande seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

feito com
icone criação de sites