Transferência

Cartaxo afirma que Complexo Médico Penal pode receber Lula

16 de Abril de 2018 | Publicado por: cbncascavel

Ouça Agora

Com alguns pedidos na última semana para a transferência do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva da Superintendência da Polícia Federal, no bairro Santa Cândida, em Curitiba, o diretor do Departamento Penitenciário do Paraná (Depen), Luiz Cartaxo Moura, garantiu que Lula pode ser levado para o Complexo Médico Penal de Pinhais, na região metropolitana de Curitiba, onde estão outros presos da Operação Lava Jato, como o ex-presidente da Câmara dos Deputados, Eduardo Cunha, o ex-deputado federal André Vargas e o ex-tesoureiro do Partido dos Trabalhadores, João Vaccari Neto.

O diretor afirmou que foi consultado pela Secretaria de Segurança Pública e Administração Penitenciária do Paraná (Sesp) e que essa é uma possibilidade. Cartaxo reforçou que existe um espaço preparado para o ex-presidente e que ele poderá, inclusive, decidir junto com os advogados, se vai querer convívio com os outros presos ou não.

Com as recentes manifestações e o acampamento instalado nos arredores da Polícia Federal, Cartaxo diz que se preocupa com a possível chegada dos movimentos no entorno do Complexo Medico Penal, mas que se houver apoio da Polícia Militar, não deve haver problemas na transferência de Lula.

De acordo com o diretor do Depen, a sala preparada no Complexo Médico Penal é bem próxima da que comporta hoje o ex-presidente na Superintendência da Polícia Federal. Cartaxo também afirmou que não será dada nenhuma regalia a Lula.

A possível transferência de Lula ganhou força após a Prefeitura de Curitiba solicitar à Justiça que o ex-presidente seja levado para outro lugar.

Segundo a Procuradoria Geral do Município, o pedido foi motivado porque que a Polícia Federal fica em uma área residencial e não possui estrutura para custodiar um ex-presidente da República, além de prejudicar alguns serviços da administração municipal, como a coleta de lixo e o restabelecimento da iluminação pública, por conta do acampamento instalado pelos movimentos favoráveis ao ex-presidente desde o dia 7 de abril.

Repórter William Bittar/CBN Curitiba

Foto: Arquivo PM-PR

Mande seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

feito com
icone criação de sites