Saúde

Cresce número de jovens solicitando nova via da caderneta de vacina

12 de janeiro de 2018 | Publicado por: Raquel Gomes

Ouça Agora

Quando o bebê nasce, os pais já sabem a importância de cuidar de todo o processo de documentação. É certidão de nascimento, muitos já fazem o Registro Geral, e claro, ficar atento a carteirinha de vacinação é essencial. São tantas doses que a carteirinha se torna um documento importantíssimo, que não pode ser perdido.

O problema é quando a criança cresce. Na adolescência , lembrar de verificar se há alguma dose atrasada já é raridade.

Mas é importante ficar atento, pois perder esse documento pode provocar dor de cabeça no futuro.

É o que explica Luciana Osório Cavali, diretora do departamento de atenção a saúde de Cascavel. Ela conta que o número de jovens em busca da segunda via aumentou em Cascavel, principalmente por que o documento é solicitado por algumas instituições de ensino superior.

Hepatite, febre amarela, tétano, sarampo e meningite são algumas das doenças mais comuns que ainda circulam pelo país e a prevenção está ligada as campanhas de vacinação do governo federal em parceria com os municípios.

Mande seu comentário

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

feito com
icone criação de sites